Dicas

12 dicas pra você conservar melhor seu figurino

Você fez um bom investimento em um figurino e arrasou naquele evento. Como garantir que ele vai ser seu parceiro em várias outras danças e estar em boas condições caso você queira passá-lo adiante?

Confira aqui  12 dicas para conservar melhor seu figurino.

Conjunto para dança do ventre azul holográfico

  1. Dica da vovó para as roupas brancas não amarelarem: guarde-as embrulhadas em um tecido azul claro .Minha dica: vale usar TNT. No caso de usar tecido, verifique antes se não solta tinta.
  2. Deixe sempre seu figurino arejar antes de guardar. Se você lavou a peça, certifique-se de que  está bem seca. Atenção  especial se você mora em região úmida. Vale a pena guardar em saquinhos de TNT ou organza ao invés de plástico. Valem aqueles saquinhos de presente, mesmo.  Eles deixam seu figurino “respirar”.
  3. Ao lavar, não deixe as peças “de molho”, mesmo em detergentes para roupas finas. Evite torcer as peças para não deformarem..
  4. Ao lavar saias godê, evite que deformem, deixando-as secar na horizontal sobre uma toalha até perderem o excesso de água. Depois pendure normalmente para acabar de secar.
    Máquina de lavar, nem pensar…
  5. Verifique o estado de fechos e colchetes metálicos. Troque-os imediatamente se estiverem com algum ponto de ferrugem. Podem manchar o tecido e inutilizar seu figurino.
  6. Evite deixar seu figurino “morando” na mala do carro. O calor excessivo destrói os fios de elastano e você corre o risco daquela saia de lycra ficar toda larga…
    Paetês e tecidos podem manchar e/ou desbotar . Pedrarias podem perder o brilho…
    Pedras e apliques hotfix podem se soltar…
    Não vale a pena correr o risco.
    Evite também guardar seu figurino em locais que recebam  sol  direto, pelo mesmo motivo.
  7. Se a corrente de strass engancha nas peças do seu figurino, guarde-o envolvido em papel de seda ou TNT De preferência brancos, pra não manchar.
  8. Antes de usar seu figurino, confira fechos,  colchetes e elásticos  e os ajuste – ou mesmo troque –  se necessário.  Alfinetes de segurança grandes podem danificar – e muito – o seu figurino.  Se realmente precisar usá-los, prefira os mais finos e certifique-se de que as pontas estão bem afiadas.
  9. Para passar a ferro, verifique primeiro se o tecido de seu figurino pode receber calor e em que intensidade. De uma maneira geral, deixe o ferro de passar na temperatura mínima  e teste em uma área escondida.
  10. Essa dica também é da vovó: Use um pedaço de tecido de algodão, de preferência branco, entre o ferro de passar e o tecido do seu figurino. Assim você protege o tecido e evita marcas, principalmente em tecidos escuros.
  11. NUNCA passe o ferro de passar diretamente sobre veludos, tecidos com acabamento metalizado, bordados e paetês.
    NUNCA passe o ferro sobre bainhas com nylon. Vale tanto para nylon embutido como para nylon aparente.
    Se precisar desamassar tecidos com acabamento metalizado, passe-os pelo avesso, sempre testando antes a temperatura do ferro de passar…
  12. Para desamassar babados, vale a pena usar o passador a vapor. Bom também para as saias godê e as de veludo. Não esqueça de testar antes num cantinho escondido da peça.
    Se não tiver um passador â mão, deixe as peças penduradas no banheiro e deixe o vapor do chuveiro agir.

Seguindo essas dicas básicas, seu figurino vai lhe agradecer.